Direito Ambiental

Por um 2017 melhor, não jogue lixo na praia (e em nenhum outro lugar inadequado)

Um novo ano começou, galera, o de número 2017.

Assim como eu, você também quer que ele seja melhor, mais positivo e talz. Mas não adianta apenas querer, tem que fazer alguma coisa para que isso aconteça. E olha que nem tô falando de nenhuma atitude radical.

Saca só, que tal colocar como uma de suas metas para esse 2017 não jogar lixo na praia? Não é nada de mais.

Vamos para a praia curtir a natureza e não destruir o que está lá para o nosso bem.

Levou alguma coisa para lá (cerveja, cigarro, água, refri, biscoito, …), carregue de volta as embalagens até o lixo mais próximo. Não é nenhum favor, é obrigação, foi você que levou tudo isso até lá.

As embalagens desses materiais demoram anos para se decompor, quase todas são de plástico ou metal.

Sem falar da poluição (em vários níveis) e do risco aos animais.

Se você já recolhe o SEU lixo, vou te propor uma outra meta para 2017: ajudar a recolher o lixo DOS OUTROS da praia. Mas fique tranquilo, não falo de nada sacrificante, falo de fazer isso apenas por onde passa e com o que consegue carregar.

Precisamos de ajuda, em qualquer nível. Sem falar que pequenos atos podem ser mais eficazes do que grandes aventuras.

Vejam um exemplo prático: tenho o costume de ir à praia e sempre há lixo, mesmo que em pequenas quantidades, em todas elas.

Sabendo disso, carrego sacolas de supermercado no carro para recolher o que encontrar no caminho. Não é nada de sair catando lixo por toda a praia, mas ao menos aquele que está visível e por onde passo.

Acho que com isso ajudo um pouco a coletividade e melhoro o ambiente ao meu redor, como uma forma de transformar, com pequenos atos, o caminho por onde passo.

Vejam só o exemplo de uma praia que fui nesse final de semana, em Santa Cruz, Aracruz/ES.

A praia é muito bonita, “deserta” e de águas calmas. O lugar certo pra levar a família. Olha que beleza:

whatsapp-image-2017-01-08-at-12-39-55whatsapp-image-2017-01-08-at-12-39-59

A vista pro mar é muito bonita; já a da areia e da vegetação era de chorar.

Passei a manhã inteira na praia e, antes de ir embora, por cerca de 20 minutos, catei todo o lixo que estava ao meu redor, nada muito grande, bastou um raio de 3m de mim para recolher todo esse lixo:

whatsapp-image-2017-01-08-at-12-39-51

Ali tem uma peculiaridade. A água, com a maré cheia, sube até a vegetação, cobrindo toda a faixa de areia, fazendo com que aquele lixo que boie (garrafas pet, latinhas, isopor, dentre outros) suba com a maré cheia e fique preso na vegetação.

Por isso, só de garrafa pet tinha algo em torno de 30. E olha que, como disse, era só o que estava a um raio de 3m, pois tinha muito mais.

Com esse pequeno ato consegui melhorar um pouco aquele ambiente:

whatsapp-image-2017-01-08-at-12-40-11

A conclusão do texto e a reflexão que proponho para 2017 é: todos querem um mundo melhor e muitos exigem uma mudança radical para isso. Mas que tal, antes de clamar por coisas muito grandes, transformar o ambiente ao nosso redor? Mudar ao menos o caminho por onde passamos?

Recolher o SEU lixo da praia e ajudar a recolher o lixo DOS OUTROS são passos importantes para isso.

Que consigamos ser melhores nesse ano de 2017, para que 2017 seja melhor!

Um grande abraço!


Gostou do texto? Curta! Basta clicar na estrela que está abaixo do post.

Comente também! Mesmo se não gostou ou não concordou.

Para atingir um resultado maior e melhor, o assunto deve ser debatido e as opiniões trocadas.

Ah! Segue o blog, né?! Sem falar de cadastrar o seu email para receber as nossas atualizações sempre que novos textos forem postados. Basta ir no final da página inicial e seguir o passo a passo.

Anúncios

4 respostas »

  1. olá, gostei muito da sua atitude de recolher o lixo. Eu já fiz isso por várias vezes, inclusive uma vez passando pelas pedras do fim de uma praia ao início da outra. Muito lixo acumulado nas margens. Enchi seis sacolas com garrafas pet, pedaços de eps (conhecido como isopor), latas, redes de pescadores rasgadas, chinelo… Faltaram sacolas… Acredito que muitas pessoas estão fazendo como nós e um dia nosso mundo será melhor. Parabéns a todos que se preocupam em melhorar e agem para isso.

    Curtido por 1 pessoa

    • Boa tare, Raquel!
      Existem pequenas atitudes que podemos tomar individualmente e que geram efeitos em toda a coletividade.
      Muitas vezes nos preocupamos com grandiosidades, com atitudes do próximo, com o que o outro faz ou deixa de fazer e nós mesmos não percebemos como podemos, com pequenas coisas, mudar tanto o meio ao nosso redor.

      Um grande abraço

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s