Qual o perfil de quem é preso em flagrante?

Aquele que está encarcerado no Brasil provavelmente se encontra nessa condição por ter sido preso em flagrante (veja esse outro texto sobre prisão em flagrante, clicando aqui). Mas qual é o perfil de quem se encontra nessa condição?

Para responder essa pesquisa, fiz uma rápida análise no Relatório do Monitoramento das Audiências de Custódia em São Paulo, realizado pelo Instituto de Defesa ao Direito de Defesa (IDDD).

Assim, esse é o perfil das pessoas presas em flagrante e encaminhadas à audiência de custódia de São Paulo:

genero

Idade

distribuicao-por-faixa-etaria

cor

percentual-da-populacao-por-raca-e-cor-no-sistema-prisional-e-na-populacao-geral

renda
Escolaridade

Grau de instrução da população prisional
estado-civil

crimes.png

Dessa forma, conclui-se que esse é o perfil dos presos em flagrante em São Paulo: homens (90%), solteiros (72%), entre 18 e 24 anos (42%), pardos/negros (61%), com renda de até 2 salários mínimos (80%) e com até o 1º grau completo (76%), a maioria por crimes patrimoniais (61%) e tráfico de drogas (22%).

Percebe-se, assim, que prendemos jovens, negros, com pouco ou nenhum estudo e, consequentemente, com uma renda muito baixa, os quais são presos, em sua maioria, por crimes patrimoniais (roubo/furto) e tráfico de drogas, crimes que permitem uma rápida obtenção de “renda”.

Tudo isso nos leva a conclusão de que um dos grandes problemas da criminalidade é a desigualdade social, a qual empurra cada vez mais os jovens para o crime.


Você escreve ou quer começar a escrever textos jurídicos que se enquadram no perfil do blog? Mande um e-mail para pedromaganem@gmail.com e vamos mudar paradigmas!


Gostou do texto? Curta! Basta clicar na estrela que está abaixo do post.

Comente também! Mesmo se não gostou ou não concordou. Para atingir um resultado maior e melhor, o assunto deve ser debatido e as opiniões trocadas.

LEIA TAMBÉM:  O encarceramento feminino e os impactos do Estatuto da primeira infância

Ah! Segue o blog, tanto no WordPress, quanto nas redes sociais. Sem falar de cadastrar o seu e-mail para receber as nossas atualizações sempre que novos textos forem postados. Para tanto, basta seguir o passo a passo que está na página inicial. É rápido e fácil e assim você não perde nenhum post.

Um grande abraço!

Anúncios

Um comentário

O que achou do post? Deixe seu comentário aqui: