Como funciona uma audiência criminal, você sabe?

Muitos morrem de medo de fazer uma audiência, basta falar no assunto que já começam a suar frio.
Reuni nesse texto algumas questões práticas para explicar melhor como funciona uma audiência criminal e, assim, ajudar aqueles que ainda ficam preocupados com ela.
Vale conferir!

Para Mudar Paradigmas

A área criminal não é uma das mais famosas profissionalmente, sendo considerada por muitos o “patinho feio” do Direito. Todavia, apesar de não ser a área de maior (e melhor) atuação, é a matéria mais falada por aí nas filas, nos bares, nas redes sociais, …

Essa contradição, entre a prática e o que é falado, me fez ter a ideia de escrever textos voltados para essa seara, de forma a contribuir para o esclarecimento do assunto.

A bola da vez é a audiência criminal, mas já faço uma ressalva, não conseguirei abordar todos os aspectos, apenas aqueles que considero mais relevantes.

Via de regra, as audiências possuem o mesmo rito ou ritos muito parecidos. Uma grande diferença entre elas é possível de se verificar entre a audiência comum/ordinária e a audiência do rito especial da Lei de Tóxico (já falei sobre a diferença entre os ritos…

Ver o post original 980 mais palavras

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s