Precisamos rever a forma como punimos os jovens infratores

Não precisa ir a uma unidade de internação de adolescentes infratores, ou melhor, de jovens em conflito com a lei, para saber que elas não foram feitas para funcionar como deveriam. Potencializamos a violência já existente dentro daqueles jovens, segregamos quem só sabe o que é segregação. Não podemos esquecer que o jovem infrator deContinuar lendo “Precisamos rever a forma como punimos os jovens infratores”

Não podemos exigir o cumprimento das normas

Uns dias atrás eu vi uma postagem no Facebook que falava sobre a nossa impossibilidade de exigir de certas pessoas o cumprimento das (nossas) normas. Desde então, não consigo mais parar de pensar nela. Esse post era composto de uma foto (abaixo), atribuída a Rubén González, e os seguintes dizeres: “Meninos de rua tentando se aquecer nosContinuar lendo “Não podemos exigir o cumprimento das normas”

Jhonny poderá escapar do seu destino?

Jhonny é uma criança de 06 anos de idade, estudante de uma escola pública municipal, residente em um bairro carente da capital de Vitória/ES e que terá um destino não muito agradável, difícil de escapar. Sabe aquela criança que “toca o terror” na escola? Ele é uma dessas. Bate nos colegas, morde os professores, cospeContinuar lendo “Jhonny poderá escapar do seu destino?”

Choque de realidade

Era mais uma audiência criminal, a testemunha, um jovem de 15 anos, integrante da “classe penal” (pobre, morador da periferia da periferia, sem muita referência familiar, …), respondendo aos questionamentos do Promotor, declarou que na época dos fatos tinha apenas 10 para 11 anos de idade e não sabia muito sobre o que narrados na denúncia, pois trabalhava deContinuar lendo “Choque de realidade”