A polícia prende e a justiça solta. Será?!

Todos já ouviram essa frase: “a polícia prende e a justiça solta”. Mas será que é verdade? Será que realmente as coisas funcionam desse jeito? O primeiro ponto a ser visto é relacionado às prisões, como são feitas, qual o tipo mais comum, dentre outros. Assim, basta uma simples análise do nosso sistema penal para perceberContinuar lendo “A polícia prende e a justiça solta. Será?!”

A crítica não é necessariamente sobre a atuação do policial, mas sobre a polícia e o Estado

Muitos, inclusive eu, criticam a atuação policial, sobretudo no que se refere ao uso excessivo de violência. Mas uma coisa deve ficar bem clara, a crítica não é necessariamente sobre a atuação do policial, como ser humano, mas sobre a polícia, como instituição representante do Estado. Portanto, ao criticar a forma como foi realizada determinadaContinuar lendo “A crítica não é necessariamente sobre a atuação do policial, mas sobre a polícia e o Estado”

Criminalizar as drogas nada mais é do que criminalizar a pobreza

Uma coisa é certa: criminalizar as drogas é criminalizar a pobreza. Você que atua na área criminal já deve ter percebido bem qual o perfil daquelas pessoas presas e processadas, sob acusação da prática do crime de tráfico de drogas: a maioria esmagadora é formada por pessoas pobres, moradoras de periferia. Mas isso se dáContinuar lendo “Criminalizar as drogas nada mais é do que criminalizar a pobreza”

Eu acreditava que anular o meu voto seria o ideal

Sinceramente, eu acreditava que era anulando o meu voto que eu estaria fazendo a diferença. “Não vou dar meu voto pra nenhum desses candidatos!” ”Eles não me representam!” “Nenhum deles merece o meu voto!” Essas frases foram repetidas por mim durante um bom tempo, pensando que era um ato de protesto e que isso que euContinuar lendo “Eu acreditava que anular o meu voto seria o ideal”

A “impunidade” é necessariamente decorrente de leis fracas?

Ouço falar a todo o momento que o Brasil é o país da impunidade; que as leis são fracas; que bandido não vai para a cadeia; que a pessoa é presa e logo em seguida é solta; que a sensação de impunidade só cresce; … A sociedade, ao que tudo indica, está repetindo esse discurso  doContinuar lendo “A “impunidade” é necessariamente decorrente de leis fracas?”