Dados sobre os presos encaminhados à audiência de custódia de SP

Em análise ao Relatório da Audiência de Custódia de São Paulo, realizado pelo Instituto de Defesa ao Direito de Defesa (IDDD), verifiquei alguns dados importantes que demonstram com nitidez quem são as pessoas presas:         Tem alguma coisa de errado nisso, né?! Gostou do texto? Curta! Basta clicar na estrela que estáContinuar lendo “Dados sobre os presos encaminhados à audiência de custódia de SP”

Não podemos exigir o cumprimento das normas – o Estado ataca novamente

Faz pouco tempo que escrevi um simples texto chamando a atenção para a situação de determinadas crianças que ficam jogadas abandonadas por aí, sem nenhuma perspectiva de futuro, concluindo que não podemos exigir delas o cumprimento das nossas normas. Naquele texto, crianças dormiam nos respiradores de ar (quente) do metrô de São Paulo. Vale repostarContinuar lendo “Não podemos exigir o cumprimento das normas – o Estado ataca novamente”

O Brasil realmente é o país da impunidade?

Com certeza, em uma pesquisa popular, a maior parte das respostas será no sentido de que o Brasil é o país da impunidade. Acredito, inclusive, que até eu e você já dissemos isso ao menos uma vez na vida; outros até acreditam realmente nisso. E não há nenhum problema, pois somos induzidos a pensar assim,Continuar lendo “O Brasil realmente é o país da impunidade?”

Você prenderia o seu filho em uma cela, por desobediência a normas familiares?

Era uma vez uma família composta por pai, mãe e 10 filhos. Desses 10 filhos, 01 (Paulo) se deu muito bem profissionalmente, ganhando muito dinheiro. Quatro filhos (Marcos, João, Tiago e Pedro) alcançaram uma vida mediana, mas estável. Não tinham tudo o que queriam, mas não faltava nada. Os cinco que restaram não alcançaram muitas riquezas, porContinuar lendo “Você prenderia o seu filho em uma cela, por desobediência a normas familiares?”

Renata: mulher, mãe de família, dona de casa, desempregada e com o marido preso. Como sobreviver?

Essa é a história de Renata, uma brasileira como várias outras, que luta em meio a tantas dificuldades impostas pela vida. De quinze em quinze dias Renata comparece ao Fórum de sua cidade para saber notícias sobre o processo criminal do seu marido, que está preso. Nessas idas e vindas ao Fórum, Renata desabafa sua história com aquelesContinuar lendo “Renata: mulher, mãe de família, dona de casa, desempregada e com o marido preso. Como sobreviver?”