Já existe pena de morte no Brasi

Sem o aval da Justiça, milhares de pessoas são executadas por ano pelo Estado. A polícia decide, nas ruas, quem merece viver ou morrer. E é apoiada pela população, que aplaude um cenário de guerra Por Camila Almeida Era Semana Santa, e uma ação da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) aterrorizava o Complexo do Alemão,Continuar lendo “Já existe pena de morte no Brasi”

“Os presos têm muita mordomia!” Quais?

Muita gente brada por aí que o caos no nosso sistema penitenciário e o alto índice de violência no país decorrem da “mordomia” dos presos. Além dos discursos das redes sociais, é possível ver essas afirmações nas conversas informais do dia a dia. Lembram daquele caso em que um homem matou a ex-esposa, o filhoContinuar lendo ““Os presos têm muita mordomia!” Quais?”

As cadeias que, sem armas, derrubam as taxas de reincidência criminal no Brasil

Imagine uma cadeia sem armas, agentes de segurança, violência ou repressão. Um lugar onde os presos, que não são chamados dessa forma, cuidam das chaves. Imagine um prédio ensolarado, pintado de azul celeste, com uma grande horta ao lado de fora e o vento, que traz consigo o cheiro do alecrim. Imagine todas as pessoasContinuar lendo “As cadeias que, sem armas, derrubam as taxas de reincidência criminal no Brasil”

A crítica não é necessariamente sobre a atuação do policial, mas sobre a polícia e o Estado

Muitos, inclusive eu, criticam a atuação policial, sobretudo no que se refere ao uso excessivo de violência. Mas uma coisa deve ficar bem clara, a crítica não é necessariamente sobre a atuação do policial, como ser humano, mas sobre a polícia, como instituição representante do Estado. Portanto, ao criticar a forma como foi realizada determinadaContinuar lendo “A crítica não é necessariamente sobre a atuação do policial, mas sobre a polícia e o Estado”

Favorável à descriminalização das drogas, mas contra a liberação das armas

Pode até parecer incoerência, mas não é. Sou totalmente favorável à descriminalização das drogas, mas completamente contra a liberação das armas de fogo. Apesar das duas coisas representarem a liberdade individual, fazendo com que o Estado intervenha menos na vida privada de cada um, com uma menor atuação do Direito Penal na vida e nasContinuar lendo “Favorável à descriminalização das drogas, mas contra a liberação das armas”